A divisão administrativa

O território de Timor-Leste é constituído pela metade oriental da ilha de Timor, pela ilha de Ataúro, situada a norte da costa de Díli, pelo ilhéu de Jaco, no extremo leste, e pelo enclave de Oecússi-Ambeno, na costa norte da parte indonésia da ilha de Timor. O país tem uma área total aproximada de 15 007 km². A sua capital é a cidade de Díli.

Em termos administrativos, Timor-Leste encontra-se dividido em 13 municípios: Bobonaro, Liquiçá, Díli, Baucau, Manatuto e Lautém na costa norte; Cova Lima, Ainaro, Manufahi e Viqueque, na costa sul; Ermera e Aileu, situados no interior montanhoso; e Oecússi-Ambeno, enclave no território indonésio que é uma Região Administrativa Especial. Cada município possui uma cidade capital e é formado por postos administrativos. No total, Timor-Leste possui 67 postos administrativos, que se encontram divididos, por sua vez, em 442 sucos.


Relevo

O território de Timor-Leste é caracterizado pela presença de uma cadeia montanhosa no seu interior, que vai perdendo altitude à medida que se estende para leste. O país possui vários picos que ultrapassam os 2000 metros, destacando-se o Monte Ramelau ou Tata Mai Lau, com 2963 metros de altitude, situado na parte ocidental do território. As ramificações da cadeia montanhosa central formam um grande número de vales, que constituem uma das formas de relevo típicas do território timorense. A norte da cadeia montanhosa central, as altitudes diminuem abruptamente em direcção ao mar. Já a costa sul apresenta um relevo mais suave, observando-se extensas planícies litorais.

Mapa Timor




Clima

O clima de Timor-Leste é, em geral, quente e húmido, o que lhe confere a classificação de clima tropical.

Na metade oriental do território, registam-se as temperaturas médias mais elevadas, que ultrapassam os 25º C. No centro e na parte ocidental do país, observam-se temperaturas inferiores a 20º C, devido principalmente à altitude.


Hidrografia

A maioria dos cursos de água de Timor-Leste nasce na parte central da ilha, ou seja, na área mais montanhosa do território. A orientação sudoeste-nordeste da cadeia de montanhas determina que a maior parte dos cursos de água corra para norte ou para sul, originando uma densa rede hidrográfica.

Em virtude da pequena dimensão e do caudal reduzido, os cursos de água não são considerados como rios, mas sim como ribeiras, localmente designadas por motas. Os poucos cursos de água permanentes existem sobretudo na costa sul, onde a precipitação é elevada e o período das chuvas muito longo. No entanto, os mais extensos situam-se na parte norte do país, dos quais se destacam o Lacló e o Lois. Em Timor-Leste é possível encontrar algumas lagoas. A maior, Ira Lalaro, localiza-se na ponta leste do país.

bandeiratl.pngLocalização geográfica: É a menor e a mais oriental das ilhas do arquipélago malaio. Situa-se a cerca de 550 km ao Norte da Austrália. 
Área: 15 007 km2
População: 1 066 582 habitantes (2010)
Capital: Díli
Outras cidades importantes: Baucau, Maliana e Liquiçá
Data de independência: 20 de Maio de 2002
Regime político: República parlamentarista
Unidade monetária: Dólar Americano (USD)
Línguas oficiais: Português e Tétum